A festa acabou

sexta-feira, fevereiro 8

E o carnaval se foi como veio, rápido e superficial trouxe sorrisos e alegria, paixões e reencontros, mas assim como trouxe, levou consigo tudo, como se nada nunca estivesse entrado...

Nem as fotos, nem a ressaca nem a falta de voz me recordam a alegria que se fez presente nestes dias, é como se eu tivesse anestesiada e que toda a intensidade deste cinco dias não passassem de um mero sonho, o qual acordei na quarta de cinzas, e tudo continua queimado nenhuma fênix renasceu.

Ainda tenho necessidades a serem preenchidas, ainda me falta trabalho, meu sangue ainda é nocivo, ainda falta um algo a mais, que faz com que a vida tenha um sabor diferente, talvez falte paixão...

Os sonhos ainda não voltaram a vontade de seguir em frente não está aqui, a vida não voltou ao normal, e não dá mais pra saber quanto tempo tenho que esperar até tudo voltar para os devidos lugares, como era há alguns anos, tenho a sensação que nada passa, que a paciência nunca alcança um objetivo e que até Deus sinônimo de esperança e fé não faz nada mudar....

A fase negra está demorando demais a passar, tenho receio que ela esteja no meu sangue como uma doença e não vá sair com uma simples combinação de remédios...

Será hora de procurar ajuda fora de mim? Não creio, mais quem sabe um dia ou outro me rendo...

22 Fazendo tudo:

Drêycka disse...

oieeee

Fada disse...

Minha querida amiga Elza...comece a ver a vida pela simplicidade que ela se apresenta. As cores sem brilho pode ser realçadas com sorrisos, esses dias de chuvas podem ser preenchidos com boas lembranças, a ansiedade pode ser substituida por um potão de sorvete com um filminho "meio bunda" que te faça gargalhar....


Para a tempestade passar e só depende de nós...mude o rumo!!!!

Tem presente para ti no Fada para alegrar esse pedacinho que eu tanto gosto!!!!

beijokas minha rica

Claudia Lis disse...

Oi Elza,

Olha, sinto e me dói muito mesmo dizer isso, mas sei exatamente como você se sente, compartilho cada sintoma que mencionou. Você descreveu perfeitamente a fase que me encontro agora. Nossa, nem eu consegui definir, em palavras, tudo tão precisamente assim (também nem tentei, pois tenho medo do que possa sair, heheheh...). Juro que cada virgula do seu texto me atingiu diretamente.

Gostaria de chegar aqui e dizer coisas bem bacanas para tentar te animar um pouco, ou quem sabe até lhe trazer alguma idéia nova, ainda mais que conheci nesse blog uma Elza tão alegre. Mas sinceramente, estou tão perdida quanto você e como jamais estive antes. Então, só posso desejar que as coisas melhorem e que você encontre o caminho que busca, se é que já sabe o que busca (pois as vezes nem isso eu sei). Não sei qual ou quais problemas lhe afligem, talvez até sejam os mesmos que os meus, nada grave, porém são coisas que incomodam e desassossegam. Chato né?

Bem, para não morrer aqui de tristeza, tento lembrar que existem pessoas em situações mil vezes piores e que as nossas, e que de alguma forma, temos sim uma vida privilegiada em vários aspectos. Enfim, estou lutando aqui para não entregar os pontos, espero que esteja fazendo o mesmo. Alguma pontinha de esperança precisamos ter, mesmo que lá no fundo, pois queremos encontrar a saída dessa chatice toda, para podermos ser felizes de acordo com os nossos objetivos de vida Elzinha.

Boa sorte na sua vida e luz, muita luz

R Lima disse...

Vai por mim.. quem nunca precisou de uma ajudazinha externa? E não é vergonhoso não moça..

E se entendes isso.. já estás num bom passo.

Ah, e o carná? Muita diversão?

Por aqui ainda estou a me recuperar.

Grande bj e se cuida,



Texto de hoje: cErTeZa...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Arne Balbinotti disse...

Também já passei por fases negras, mas agora eu ando sempre com uma "vela" no bolso e quando tenho que atravessar essas fases acendo logo minha "vela", conhecida também como família, amigos e fé.
Fé em um dia mais claro, masi alegre e mais amado...
Se seremos amados ou não, nunca saberemos, o que importa é que amamos a vida com a intensidade de um amor que talvez nunca sintamos vindo de outra pessoa.
Beijos e viva a quaresma, não gosto de carnaval...

**Je Vois la Vie en Vert ** disse...

Olá ELzita !
Encontrei tanto desespero no teu blog ! A felicidade encontra-se nas pequenas coisas simples da vida mas é preciso reconhecê-la!
Se não queres procurar ajuda nos outros, podes fazer outra coisa : voluntariado. Vais te sentir útil aos outros e afinal eles vão te dar tanto em troca que serão eles que te ajudarão !
Um beijinho verdinho de esperança para ti !

.Sem Querer Saiu. disse...

passando pra desejar mta luz e coragem! agora que o ano começou, de fato...rs
beijocas!!
Emily

Naiara P. disse...

ola!
pois é o carnaval passou muito rapido (infelizmeeentee), agora temos que voltar para vida real...

Sheila Palitu disse...

Que nem eu...O meu ano parece que ainda nao iniciou...
Bjo*

Ingrid disse...

Xi Elza, amiga, é melhor vc procurar ajuda mesmo externa. As vezes só a gente não resolve. Muitas vezes é depressao, por causa de nossa vida atribulada. Todo mundo tem. Nem quero te pertubar com meus problemas, mas se puder me visitar agradeço. Aconteceu outra coisa chata aqui, proximo a minha familia. Tou pensando em fazer ma blogagem coletiva sobre o assunto, violencia, mas ainda nao sei o tema especifico ou geral, e quando será. Bjos e fica bem. Pelo jeito o carnaval foi bom aí, aqui foi tranquilo em casa! Boa semana!

Ingrid disse...

As vezes é bom procurar ajuda amiga, muitas vezes nós mesmas nao conseguimos sair dessa nostalgia, ou sei la como chamar, depressao , estresse talvez. Boa semana! E pelo jeito foi bom seu carnaval, o meu foi tranquilo em casa, me fantasiando p mim mesma!

Bella... disse...

as vezes é melhor nao sair, nao ver ninguem...
esse vazio que fica na gente depois das festas, das é terrível. a gente se perde nele...
tenta ver alguma outra coisa que te preencha...

**Je Vois la Vie en Vert ** disse...

Dia 10 de Fevereiro, deixava-te uma mensagem de esperança, agora vê o que me aconteceu logo a seguir : mudanças no meu blog. Gostava muito se fosses visitá-lo para ler a mensagem do 11 de Fevereiro.
Obrigada
Beijinhos verdinhos

Pa[†φ] BEiJo disse...

enquanto vc tiver amigos que gostem realmente de vc, eles nunk te deixarão se render, jamais te deixarão ficar fraca o bastante para definhar!!!
força minha garota

mariposos disse...

Elzinha.. agora é serio heim você parece que já acorda chupando limão ... assim não vale :))) kkkkk

Ainda vou ai fazer cafune na sua cabeça enquanto você olha as nuvens e fica imaginando bichos com elas :)))

Beijaço

Pa[†φ] BEiJo disse...

tem coisa pra vc no meu blog

Tatty disse...

Oi amiga, não deixe essa nuvens negras para sobre vc, olhe a vida de outra forma, com simplicidade, saiba que ela tem de mais valioso para te oferecer e te fazer feliz...

Seja forte menina!!!!!

Ótimo dia p/ vc, bju no coração!!!!

Pricila disse...

Ah essa história de carnaval nunca me deu muito animo e nem felicidade. Você escreve bem e eu gostei disso, por isso pretendo voltar mais vezes.
Eu só sei escrever bem quando estou depressiva, dias felizes causam textos horriveis, deve ser por isso que meus ultimos blogs andam mal. Mas nem fico triste por isso. Me dá um bom sinal. hehe.
É, essa coisa de fase ruim é terrivel, e quando não se sabe se ela realmente vai passar, ela passa a ser mais terrivel ainda. Espero que logo melhore seu espirito.
Beijo, ótima sexta.

NANDO DAMÁZIO disse...

Essas fases negras estão dentro da gente e só nós mesmo temos a capacidade de iluminá-las ..
Gostei do texto, você escreve muito bem !!
Abraço !!

Fabio Martins (Dú) disse...

gostei do blogger!!!!
vou passar mais vezes..ok?!
bjão.

junior disse...

nao conhecia o blog!!
parabens e passo + vezes por aqui!!
grande abraço querid

Mudanças disse...

Abraços menina
parabéns

Diseño original por Open Media | Adaptación a Blogger por Blog and Web